Ou dá ou veste com Karla Valeska

Maktub: estava escrito. Conhecer Karla Valeska por meio da rede social Facebook e, aos poucos, estreitar laços até convidá-la para participar deste nosso desafio de moda, certamente foi armação do destino. Convite aceito, pacientemente – como nossas demais convidadas -, Karla aguardou o acerto de nossas agendas e compareceu pontualmente – como toda modelo que se preza -, na Casa de Tarsila, onde aconteceram os cliques.

Trouxe na bagagem algumas peças e muitas histórias. À medida que realizávamos este trabalho, os episódios de superação da bela morena foram desfilando ante nossa câmera a cada troca de roupa. E eu, que no momento me incomodava com um pequeno problema de ordem pessoal, percebi que quando estamos do lado iluminado da Força, viver cada dia corajosamente é, de fato, a grande cotidiana lição.

Karla tirou a sacola um jeans clássico que há tempos não vestia e lá fomos nós atualizá-lo com duas sugestões: a túnica florida, acompanhada de colar generoso em vermelho vibrante, e outra mais singela, com t-shirt em amarelinho pastel, combinando com o colete em malha mescla cinza, confortavelmente jovial. Certamente, a calça é pra vestir, não para descartar.

O segundo item era a capa preta de voal, com capuz, peça bonita, porém não muito casual. Combinada à regatinha lilás, de cavas estilo nadador e o colar comprido de contas delicadas, ficou divertida, mesmo com a calça preta clássica. Por sugestão de Juliana Gadursi, que também já participou de nosso desafio, experimentamos usá-la como saída de praia, sobre um maiô duas peças. E não é que deu certo?

A blusa preta, que parece sisuda, na verdade tem um generoso decote nas costas e era por isso que Karla hesitava em usá-la. Montamos um look exceutivo, com maxibolsa supercolorida e peep toe ouro velho, aprovado por unanimidade.

Trocamos experiências de vida, mensagens de encorajamento mútuo e, é claro, dicas de moda. Conversamos sobre o valor dos 3R – reduzir, reciclar, reutilizar – e vimos que podemos fazer o mesmo com nossas emoções, em especial as negativas: descartar o que for inútil, reinterpretar e aprender como lidar com os fatos com mais sabedoria, alegria e prazer.

Posted via email from Mulher de Verd@de

0 Responses to “Ou dá ou veste com Karla Valeska”


  1. No Comments

Leave a Reply





Arquivos